sexta-feira, 26 de junho de 2015

Upanema-RN, é a cidade no Estado potiguar onde uma súcia de bandidos malignos criaram páginas imundas e putrefatas na internet para a prática de atividades criminosas, entre tantas, abrigar o anonimato, uma mazela parida por delinquentes, mau-caráter, seres abjetos nocivos à sociedade e que nunca jamais sobreviveriam fora do esgoto, ou de uma fossa de dejetos de odor insuportável. Em Upanema-RN, o espaço cibernético denominado de "blog" virou na verdade sinônimo de cachorrada, imundície, lixo humano, bordel, chiqueiro e coito de marginais da pior espécie

Fosse o Brasil, um País sério, em Upanema-RN, bandidos malignos que criaram páginas putrefatas na internet, para a prática de atividades criminosas, entre tantas, o anonimato, estariam à ferros e os espaços imundos, emporcalhados, verdadeiras pocilgas, teriam sido devastados. Os que abrigam o anonimato  - o submundo do crime - são tão bandidos quanto os bandidos estupradores, pedófilos, latrocídas e, tantos outros. Upanema-RN, município localizado em território norte-riograndense, "Blog", virou sinônimo de chantagem, hipocrisia, cachorrada, picaretagem, mentira, extorsão, molecagem, falcatrua, baitolagem, trapaça, pilantragem, embuste, putaria, bandidagem, prostituição, afinal, chiqueiro e coito de todo o tipo de marginal. Evidente, meridianamente claro, no território upanemense, "Blog" transformou-se num prostíbulo com odor repugnante. É visto pelo cidadão e pela cidadã, como nada mais que uma fossa de dejetos estourada de beira de estrada, com uma fedentina insuportável. Sem nenhuma exceção, os alcunhados de dublê de blogueiro, verdadeiros BOGUEiros, delinquentes, vermes, bactérias, parasitos intestinal, que acolhe o anonimato - excremento fecal - além de inconsequentes e irresponsáveis são sem-vergonhas e facínoras em auto grau. Algo muito pior que assaltante-ladrão. O anônimo é uma mazela parida por esses seres abjetos (BOGUEiros-marginais) nocivos à sociedade, e que não sobreviveriam fora do esgoto. Em tempo: nunca me passou pela cabeça que em Upanema-RN, a internet fosse utilizada de forma tão nefasta e podre por dublê de blogueiro, apelidado de BOGUEiros, morcegos-vampiros, assassinos do Estado de Direito. O pior, é que esses urubus não sabem e nunca jamais aprenderão que agir sob o véu do anonimato é um crime sem dimensão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.