segunda-feira, 2 de junho de 2014

A corja de pilantras e ladrões sem-vergonhas intitulados de BOGUEiros da BUNDOsfera que se dizem da oposição (só se for oposição a puta que o pariu) com páginas putrefatas abrigadas na internet continuam inconformados por perder a mamata criminosa nas tetas da Prefeitura Municipal de Upanema-RN. Mas, já existe um medicamento disponível na cidade que cura a situação desesperadora dos picaretas: trata-se do "chá de estrovenga com sabugo e urtiga" no fiofó dos quasímodos morais, indignos de serem crápulas. É remédio para todos os males

Os BOGUEiros da BUNDOsfera com páginas pútridas na internet, vigaristas, picaretas e ladrões que por muito tempo surrupiaram criminosamente dinheiro da Prefeitura Municipal de Upanema-RN, continuam inconformados e desesperados por não terem mais com praticar golpes e ladroagem assaltando os cofres públicos. Hoje, vivem exclusivamente de fofocas, mentiras, tramóia, vigarice e praticando delinquências das mais variadas. São bandidos iguais a assaltantes, estupradores, pedófilos, escolados na universidade do crime. Vivem no submundo da pilantragem, deitando e ROLAndo, aliás, mais ROLAndo do que deitando. Os cafajestes medíocres, com cara de cavalo e bode velho pai de chiqueiro, falam até que são "galo de briga dos ratos", apesar de que não valem o que o gato enterra. Se o Brasil fosse um País minimamente sério, esses vermes que provocam, agridem, insultam e destratam violentamente o prefeito de Upanema-RN, estariam no presídio de "Pedrinhas", no Maranhão. Por enquanto, "Eu", Antonio Bezerra de Moura, aprendiz de jornalista, pobre mortal, disponho de um medicamento que cura a situação dos energúmenos marginais intitulados de BOGUEiros da BUNDOsfera que se dizem da oposição - só se for oposição a puta que o pariu - trata-se do "chá de estrovenga com sabugo e urtiga", no fiofó. Com esse remédio milagroso, pelo menos esses doentes trapaceiros, xibungos juramentados não andam no meio de uma comunidade racional. O resto são detalhes. Em tempo: esses quasímodos morais, indignos de serem crápulas, nunca jamais deixarão de ser baitolas, físicos e mentais. Deste espaço continuarei na trincheira atirando, e com pontaria certeira. Se duvidam, aguardem os dias vindouros!    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.