sexta-feira, 7 de junho de 2013

O Rio Grande do Norte está apavorado. A violência, a criminalidade, a marginalidade tomaram de assalto o Estado potiguar. Agora, você ouvindo o discurso da governadora Rosalba Ciarline Rosado (DEM-RN), sobre a segurança pública norte-rio-grandense, dá até vontade de dormir no meio da rua sem proteção. Tudo que a governante fala, é puro teatro

O Rio Grande do Norte, está refém da marginalidade, da criminalidade e da violência. A bandidagem tomou de assalto o Estado potiguar. O mais incrível é o silêncio do Governo acerca da violência. Ouvindo o discurso da governadora Rosalba Ciarline Rosado (DEM-RN), sobre a segurança pública, dá até vontade de dormir no meio da rua de qualquer cidade norte-rio-grandense. Tudo o que a governante fala, é puro teatro. Mas, a verdade é que os bandidos tomaram conta do Estado. Não se tem paz mais nem no interior. As cidades vivem no terror. Além dos bandidos, temos os políticos que desviam, roubam, assaltam, furtam, surrupiam e saqueiam os cofres públicos de uma forma descarada e criminosa. Estamos nas mãos dos bandidos de todos os lados. A punição a esses escrotos é só de arremedo, faz de conta e mentirinha. Ou "eu" Antonio Bezerra de Moura, aprendiz de jornalista, pobre mortal, estou errado? Nunca vi umas leis tão condescendente, benevolentes e complacentes com bandidos, quanto as leis brasileiras. No nosso País, bandido tem as leis a seu favor, o que é profundamente lamentável. Está é a absurda realidade. Nua e crua. Mais ainda: a prostituição, assassinatos, sequestros, latrocínios, estupros, roubo, chacinas, assaltos, corrupção, ladroagem do dinheiro público, aumentaram nos últimos anos assustadoramente. Pedintes, drogados, flanelinhas, abandonados, desempregados, miseráveis, também, aumentaram nos últimos anos. Que País é esse? E respondo de pronto: é o Brasil maravilha dos companheiros (cumpanheiros) e da PeTralhada.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.