sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Segurança Pública // A desenfreada violência que devasta o País deve-se a um magote de ladrões do dinheiro público abrigados na inútil e cara Câmara Legislativa de Brasília-DF, uma casa de marginais, pouquíssimas exceções

A criminalidade, a marginalidade, a violência e a garantia da impunidade que campeia por todo o Brasil, deve-se a um magote de ladrões do dinheiro público - travestidos de políticos - hospedados na inútil e cara Câmara Legislativa de Brasília-DF. Os deputados federais e senadores, além de não criarem leis duras para assaltantes, sequestradores, latrocidas, pistoleiros, pedófilos e outras séries de bandidos que aterrorizam a sociedade, ainda, desavergonhadamente, aumentam em 77% a verba indenizatória, dinheiro que eles torram fingindo pagar gasolina, consultoria (a maioria nunca consultou uma lista telefônica) e aluguel de carros. Um crime contra o povo. É exatamente, por isso, que eu, Antonio Bezerra, aprendiz de jornalista, coloco o Congresso Nacional (câmara dos deputados e senado federal) na lista de uma casa de marginais - com pouquíssimas exceções - das mais inúteis do mundo. Tudo lá é uma grande farsa e um estímulo a ladroagem. Em tempo: por outro lado, aparece a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarline Rosado (DEM), afirmando que a segurança está sendo priorizada. Só se for a dela. No Estado, a população vive um sentimento de insegurança diariamente. O caos vivido na segurança pública é pura irresponsabilidade do governo. Afinal, ninguém sabe até quando a "Rosa" espinhosa vai continuar fazendo chacota com a cara do povo norte-rio-grandense. Vergonha governadora! vergonha! Sugiro que se chame um "Pai de Santo" e mande benzer o território potiguar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.