sábado, 18 de fevereiro de 2012

O absurdo dos absurdos // População da cidade de Upanema-RN/Brasil ainda não conseguiu entender como a prefeitura fez a demolição de um palco de eventos que custou altas cifras públicas e constrói outro no mesmo local tendo como justificativa ser mais moderno

Parece piada pronta e de tremendo mau gosto, mas não é. A prefeitura de Upanema-RN, demoliu  na atual gestão, o palco de eventos construído na administração do ex-prefeito Jorge Luiz - onde foi consumido grande volume de recursos públicos - e edificou outro no mesmo local sob justificativa de ser mais moderno, inclusive, inaugurado com pompa e ostentação como uma grande marca de governo. Vergonha! Uma perguntinha só: quem paga a conta do dinheiro público jogado fora, face a derrubada do outro tablado construído a exatos 5 anos? Na verdade, é um áto espantoso do ponto de vista verdadeiro, especificamente, do contribuinte upanemense. Notadamente, todos os setores essenciais do município vivem sob o caos total, um castigo ao qual a cidade foi condenada. O rosário de reclamações é o mesmo em toda a parte. Para isso, trago à tona apenas um dos problemas vivenciados pela população, que é o acúmulo de lixo nas vias públicas e os buracos e crateras em várias ruas. Aliás, tudo sobrando sempre para o mesmo lado: o povão velho de guerra. É visível a grande quantidade de lixo espalhado em locais inapropriados de Upanema-RN, e o pior; a prefeitura simplesmente, se faz de cega, surda e muda, diante da grita geral do povo. A situação é grave. Afinal, o governo municipal tem sido incapaz sequer de limpar a cidade. Ou "Eu", Antonio Bezerra, aprendiz de jornalista estou errado?  Por enquanto, uma locomotiva de dinheiro público (nada menos que R$ 400 mil) será torrado em quatro dias de folia de momo. Isso afora um "palco" - que custou R$ 200 mil - construído em regime de urgência, urgentíssima para atender a festa momesca, ou até mesmo burlesca. Nada de história de assombração do outro mundo. A princípio está tudo do jeito que o "diabo" gosta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.