terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A sinalização transmitida pela prefeita de Upanema (RN) Maria Stella Freire (PMDB) ao funcionalismo público municipal empurra o Sindicato de qualquer categoria para a radicalização

A prefeita de Upanema-RN, Maria Stella Freire (PMDB) está construindo relação tempestuosa com o funcionalismo público municipal, principalmente, a classe dos professores. Maria Stella Freire, tem cometido boas doses de equívocos com a categoria, a ponto de sequer abrir diálogo para discutir assuntos de suma importância envolvendo educadores e o município. A sinalização transmitida pela chefe do executivo upanemense ao funcionalismo público empurra qualquer Sindicato para a radicalização.  O estica-encolhe nas audiências de miragem aponta para um ano de muita turbulência. As consequências para a alcaidessa upanemense, obviamente, meridianamente claro, podem ser drásticas. Será que a prefeita de Upanema-RN, lembra o que aconteceu com o ex-governador Geraldo Melo, "o tamborete"? Ele, construiu relação de colisão e conflitos com o servidor público do Estado do Rio Grande do Norte, e terminou o governo de forma melancólica. Geraldo Melo, na atual conjuntura política não se elege nem para ser síndico de condomínio. Maria Stella Freire, à frente dos destinos do município de Upanema-RN, trilha caminho parecido. Em tempo: servidor público não ganha eleição, mas ajuda a perder. Uma perguntinha só: o que tem a dizer a base aliada da prefeita na Câmara de Vereadores? Aliás, governo não tem base aliada, tem base alugada. Até quem vai nascer amanhã, já sabe disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.