domingo, 4 de dezembro de 2011

O discurso oposicionista a prefeita de Upanema-RN Maria Stella Freire (PMDB) carece de mudança. E deve começar pela pauta das críticas à administração

A discussão acerca das políticas desenvolvidas pela administração da prefeita de Upanema-RN, Maria Stella Freire (PMDB) precisa ser qualificada. Os argumentos devem ser substantivos e nunca farelos adjetivados. Para angariar a simpatia do eleitor, a oposição carece de mudança. E deve começar pela pauta das críticas. A denúncia inconsequente, intempestiva, irresponsável e extemporânea, por si só, não acrescenta nada na conquista do voto. Na verdade, provoca um desencontro com os eleitores. Os oponentes ao governo municipal não se deve alimentar pelo disse que disse dos aficionados partidários desnorteados e endemoninhado. Aliás, aqui tem uma cambada de politiqueiros - em todos os partidos, com as exceções de sempre - que diz que diz e depois diz que não foi bem assim que disse. Quanta vergonha! Em tempo: informação de uma fonte com trânsito livre nos corredores do Paço municipal dão conta de que a prefeita Maria Stella Freire, poderá ainda fazer mudança no seu secretariado. Evidente, meridianamente claro, motivos ela tem e não são poucos. Alguns auxiliares estão sentados em suas cadeiras de desmoralização ao governo e de desrespeito aos cidadãos. Todo mundo sabe disso, até quem vai nascer amanhã. Se é para mudar que a prefeita seja intrépida e mude logo. O bom auxiliar, quando não pode ir ao trabalho, faz falta. O ruim, ausente, ninguém nota. Recebe o contra-cheque e sai assobiando "de papo pro ar". Mais ainda: por ser lídima postulante a reeleição em 2012, a chefe do executivo upanemense precisa mostrar poder de decisão e demitir quem arranha a imagem de sua administração. Caso contrário, o governo municipal estará fadado a um fim triste e inglório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.