quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ex-governadores do Estado do Rio Grande do Norte, Wilma Maia (PSB) e Iberê Ferreira (PSB) participaram diretamente do esquema de corrupção no DETRAN

A ex-governadora Wilma Maia (PSB-RN), o filho Lauro Maia, e o ex-governador Iberê Ferreira (PSB-RN) estão entre os envolvidos na quadrilha criminosa (mais de 20 escroques) que saqueou uma locomotiva de dinheiro público do DETRAN, no Estado do Rio Grande do Norte. O Ministério Público apontou dona Wilma, Berê Berê, e Doutor Lauro, como os principais beneficiários da roubalheira do dinheiro público no órgão estadual. Ainda de acordo com o Ministério Público, o esquema criminoso fraudou licitações no DETRAN, de 2008 a 2010. A corriola de salafrários participou diretamente da organização delituosa. Doutor Lauro, era o representante da quadrilha para "defender os interesses" junto ao Governo do Estado, como aconteceu na "Operação Hígia", quando foi preso pela Polícia Federal, acusado de surrupiar a cifra de R$ 40 milhões do erário público. Wilma e Berê Berê, nessa operacionalização de roubalheira de agora são os cabeças, conforme o Ministério Púbico. Berê Berê, embolsou nada menos de R$ 1 milhão. Gatunagem Granfina. Se o Brasil fosse um País sério, Wilma, Lauro e Berê Berê, estariam atrás das grades, numa penitenciária de segurança máxima. Em tempo: o que será que a deputada federal Fátima Bezerra (PT) e o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) acham dessa roubalheira no Governo de Wilma e Berê Berê? Sabiam de tudo, mas nunca romperam. Ou "Eu" - Antonio Bezerra - estou errado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.