segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O "PSDB" do deputado federal Rogério Marinho (RN) só ainda não teve esquema de ladroagem do dinheiro público dentro das igrejas de onde foi exorcizado

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), foi denunciado pelo jornal Folha de São Paulo, em matéria publicada no último domingo, por ter comprado espaço em rádio com verba pública. Não é uma grande novidade, até porque, esse mesmo Rogério Marinho, liderou recentemente, o ranking de maior gastador da verba indenizatória entre os políticos do Rio Grande do Norte, na Câmara e no Senado Federal. Ele foi capacho da prefeita borboleta que está afundando Natal-RN. Também, foi servil de Rosalba Rosado, que está destroçando o território potiguar. Isso, sem falar de que quando esteve à frente da STTU, na capital do Estado, transformou-a num antro de corrupção. Lá, se gritasse pega ladrão, ficavam poucos. Em tempo: dizem que o deputado é tão vaidoso que, num enterro, talvez gostaria de ser o defunto, só para chamar atenção. Só tem bazófia e fanfarronice. Os discursos de Rogério Marinho, nada dizem sobre a ladroagem que seu partido, o PSDB, implantou no Brasil. Mais ainda: o PSDB, só ainda não teve esquema de roubalheira do dinheiro público dentro das igrejas, de onde já foi banido, extirpado e exorcizado. É uma organização criminosa "quadrilha" que existe com a única finalidade de saquear o tesouro público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.