domingo, 24 de julho de 2011

Está nos jornais do Rio, de São Paulo e da Bahia: perícia revela falcatruas perpetradas por escroques-marginais políticos para fundar o PSD de Kassab

Os escroques e figuras abjetas da política continuam fazendo estripulias sem serem importunados. Infelizmente, lamentavelmente, desgraçadamente, o Brasil todo está sendo banhado pelas águas da deformação e malfeitorias do universo político. Os desvios de conduta política e a sem-vergonhice dessa corja de marginais - raríssimas exceções - grassam por toda a parte. Agora mesmo leio nos jornais do Rio, de São Paulo e da Bahia, que o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF), investigam uma fraude para fundação do novo PSD, de Gilberto Kassab (prefeito de SP). Aliás, já foi comprovado que no Rio de Janeiro e São Paulo, as listas de apoio para criação do partido (PSD), foram preenchidas com assinaturas falsificadas. Tem assinaturas em duplicata e tem até assinatura de eleitores que morreram há muitos anos. Parece história de assombração do outro do mundo, mas, não é. Verdade, verdadeira. As informações dão contas ainda, que a ação criminosa, profundamente criminosa, estupidamente criminosa, dramaticamente criminosa, pode também, está sendo exercitada no Rio Grande do Norte. Fala-se até, em defunto fundador da legenda no Estado potiguar. Obviamente, meridianamente claro, mais uma prova consentânea de que a degeneração dos costumes políticos não tem limites, a ponto de transformar democracia em balburdia e liberdade em libertinagem. Em tempo: essa agremiação política - PSD - deveria ter sido planejada em forma de ratoeira ou de um camburão da polícia. Esta é a minha opinião. "Doa a quem doer".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.