sexta-feira, 22 de abril de 2011

Está sendo criado o "PSD" que oferece uma oportunidade para os aproveitadores, politicamente quase mortos, consequência da mediocridade e cretinismo

Atenção políticos hipócritas, oportunistas, cretinos, crápulas, desonestos, mediocres, venais, pulhas, imbecis, idiotas e charlatões: está sendo criado no Brasil, o novo partido, "PSD" (Partido Sem Dono), que oferece uma oportunidade para os aproveitadores, politicamente quase mortos. Uma recomendação: se agarrem a nova legenda - fellas da gaita - porque ela é uma luz no túnel que possibilitará aquilo que nenhuma reforma eleitoral impede: oportunismo, cretinismo e mediocridade. Aqui em Upanema-RN, muitos já falam no partido sem ter a mínima noção do seu ideário. Aliás, um veterano político comum nos assegura o seguinte: o PSD (Partido Sem Dono), abre espaços e deve arrastar um cordão de politiqueiros preocupados tão somente, e somente só, com a própria sobrevivência. O povão, como sempre, fica de fora olhando as mentiras e trapalhadas. Obviamente, meridianamente claro, o povo só será ouvido na hora da clemência do voto. Agora, uma perguntinha simples: pode haver uma imundície ou algo mais torpe do que isso? Esse é o pior dos males e o pior dos crimes.

Um comentário:

  1. Antonio existe isso? O 13º salário nunca existiu!!!!

    Fala-se que o governo quer acabar com o 13º salário. Se o fizer, é uma roubalheira sobre outra roubalheira.

    Por quê?

    Porque o 13º salário não existe.

    O 13º salário é uma das mais escandalosas mentiras do sistema capitalista.

    Abaixo temos uma modesta demonstração aritmética de como foi fácil enganar os trabalhadores.

    Suponha que você ganha R$ 700,00 por mês.

    Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de R$ 8.400,00 num ano.

    Ou seja : R$ 700 X 12 = R$ 8.400,00

    Em dezembro, o generoso patrão lhe paga o conhecido 13º salário. É lei.

    Então, R$ 8.400,00 + 13º salário = R$ 9.100,00.


    Agora, faça uma simples conta com o que aprendeu no Ensino Fundamental.

    Se você recebe R$ 700,00 mês e o mês tem quatro semanas, significa que ganha por semana R$ 175,00.

    R$ 700,00 (Salário mensal) / 4 (semanas do mês) = R$ 175,00 (Salário semanal)

    Como o ano tem 52 semanas, se multiplicarmos R$ 175,00 (Salário semanal) por 52 (número de semanas anuais) o resultado será R$ 9.100,00.

    O resultado acima é o mesmo valor do salário anual mais o 13º salário.

    Surpreso, surpresa? Onde está portanto o 13º salário?

    A explicação é simples:

    Acontece que o patrão lhe tira uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (apesar de cinco semanas o patrão só paga quatro semanas). O salário é o mesmo, tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.

    No final do ano o "generoso" patrão presenteia você com um 13º salário, cujo dinheiro saiu do seu próprio bolso.

    Se o governo retirar o 13º salário dos trabalhadores o roubo é duplo.

    Daí que não existe nenhum 13º salário. O patrão apenas devolve o que, sorrateiramente, lhe surrupiou do salário anual.


    Conclusão: os tabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.