domingo, 20 de março de 2011

Políticos gatunos do PSDB, DEM, PDT e PT, no Estado do Rio Grande do Norte, participaram de negociatas escabrosas e organizações criminosas

O ex-governador do Distrito Federal (DF), José Roberto Arruda - um dos escroques da política nacional - afirmou em entrevista, que políticos do PSDB, DEM, PDT e PT, participaram da captação de recursos ilegais para custear suas campanhas em vários Estados do Brasil, inclusive no Rio Grande do Norte. Conforme o bandido Arruda, líderes do PSDB, DEM, PDT e PT, receberam dinheiro sujo de esquemas de corrupção e organizações criminosas. Senhoras e senhores, blogonautas e internautas, se o eleitor votasse conscientemente, o político envolvido em mutretas não se elegeria nem a síndico de edifício. Por sinal, esses trampolineiros praticam crimes porque apostam na impunidade, zombando da lei e da justiça. Em tempo: se fizerem um exame honesto nas ações de todos os políticos, não se salva um. São elementos periculosos - pouquíssimas exceções - que conseguem por meio de artifícios imundos ludibriar a opinião pública. Evidente, meridianamente claro, político, e agora incluo todos, são farinha do mesmo saco; banana do mesmo cacho e caranguejo da mesma corda. Aliás, quando estão juntos, é elogio de um para o outro com falsidade extrema. Na hora do venha ver, são iguais a bandidos apontando o defeito de um e de outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.