segunda-feira, 28 de março de 2011

Estratosférica diferença // Vereadores de Upanema-RN, têm hora trabalhada 112 vezes mais cara (R$ 350,00) que a do trabalhador assalariado (R$ 3,09)

Para o trabalhador assalariado chegar ao final do mês e receber seus R$ 545 brutos, ele precisa trabalhar 44 horas semanais ou 176 horas mensais. Isso significa dizer que cada hora trabalhada vale R$ 3,09 (três reais e nove centavos). Já a hora de trabalho de um vereador em Upanema-RN, é 112 vezes mais valorizada, por conseguinte, o salário do parlamentar municipal gira em torno de R$ 2.800 mensais. Por semana, um vereador da "boa terra" participa, normalmente, de uma única sessão ordinária que dura em torno de duas horas, o que resulta em oito horas de trabalho por mês. Obviamente, meridianamente claro, uma hora de serviço prestado no plenário da Câmara de Upanema-RN, por cada parlamentar mirim, custa aos cofres públicos, ou na verdade, ao pobre contribuinte, R$ 350 (trezentos e cinquenta reais). Trago à tona esses dados, para que o blogonauta e internauta perceba a estratosférica diferença entre um trabalhador comum e um vereador no município de Upanema-RN. O pior: a grande maioria dos parlamentares locais só defendem os próprios interesses, como periquitos no milharal. Em tempo: além do salário de R$ 2.800 por mês, os vereadores contam, ainda, com verba destinada a despesas com telefone, internet, correspondências postais, sem falar nas diárias para participar de congressos, muitas das vezes só no faz de conta. Aliás, em Upanema-RN, tem vereador com pinta de palhaço de circo e dos ruins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.