domingo, 6 de fevereiro de 2011

O bando de criminosos aliados do ex-presidente Lula da Silva (PT), continuam metendo a mão no dinheiro público no governo Dilma Rousseff, também do PT

Parece mentira, ou história de assombração do outro mundo, mas não é. A quadrilha que transformou o Brasil num dos maiores paraísos da corrupção, da ladroagem, da impunidade, da violência e das desigualdades sociais, continuará dona da bola , do campo e do apito, no governo Dilma Rousseff (PT). As velhas raposas da política, todas caracterizadas pela força do atraso - José Sarney, José Genuíno, Collor de Mello, Renam Calheiros, Antonio Palocci, Romero Jucá, Michel Temer e outros descarados, embusteiros, trapaceiros, oportunistas, chantagistas, charlatões e ladrões - que há anos mandam e desmandam no governo federal, vão continuar assiduamente metendo a mão no dinheiro público. A presidente da República Dilma Rousseff, lamentavelmente, já se mostra refém desses pulhas da política, que estiveram durante oito anos como aliados e abençoados de Lula da Silva (PT). Também, sem esses trampolineiros, ele não tinha conseguido aprovar nem voto de pesar na Câmara e no Senado. Com essas raposas tomando conta do galinheiro, o Brasil caminha para o buraco negro do abismo. Mas, como a esperança é a última que morre, daqui a quatro anos os brasileiros terão outra chance para mudar. Aliás, 44 milhões de brasileiros (metade dos eleitores) votaram contra a roubalheira no País. Ainda assim, tudo vai continuar como dantes no quartel do velho Abrantes. Obviamente, meridianamente claro. Acorda, Brasil!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.