domingo, 3 de outubro de 2010

Políticos de Upanema-RN, que prometeram o início da pavimentação da BR-110, para antes das eleições 2010 não vale o que se deposita no vaso sanitário

Nunca jamais, eu, Antonio Bezerra, irei me referir a políticos mentirosos em nível civilizado, especificamente, aos que enganam, enrolam e atraiçoam o povo de Upanema-RN. Aliás, toda cidade sabe, principalmente, quem me acompanha na Rádiodifusão, que tenho a boca destravada, a alma desabotoada e giro porradas de baixo nível e baixíssimo nível quando necessário, em patifes de qualquer categoria. Observem bem senhores e senhoras, blogonautas e internautas, o que aconteceu neste ano de eleições em Upanema-RN: políticos sem-vergonhas juraram de pés juntos o início - antes das eleições - da pavimentação asfáltica da BR-110, num trecho de 78 quilômetros. Mentiram cinicamente. A estrada continua no zero. Não construíram 1 cm. de asfalto. Estou mentindo filhos(as) da puta? Agora, mil histórias apareceram no limiar das eleições, na tentativa de convencer o eleitor mais idiota, o besta quadrada. Infelizmente, lamentavelmente, desgraçadamente, o município foi vítima de um raio de hipocrisia, protagonizado pelos mesmos santos das mesmas capelas. A mim pobre diabo, esses pulhas travestidos de políticos não enganam. Sei neste mundo e no outro mundo, além da vida e além da morte que tudo era embrulhada, trapalhada e bandalheira grossa. Trataram a inteligência do povo de Upanema-RN, a pontapés. Para essa horda de politicalhas de quinta categoria, é como se o povo upanemense fosse aquele jerico do "Roque Santeiro", inesquecível novela da Rede Globo de televisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.