sábado, 12 de setembro de 2009

Radialista Edmilson Lucena partiu para o reino da paz onde ficará aguardando a chegada daqueles que tanto amou e tanto o amaram nessa vida

A terra ficou mais pobre e o céu ficou mais rico. É o que posso dizer do falecimento do radialista e ex-vereador, Edmilson Lucena Barreto, que morreu na última quinta-feira, em Mosssoró-RN, consequência de uma grave enfermidade. Por ele, nutri sempre uma especial atenção, na certeza da reciprocidade mútua. Na verdade, na quinta-feira, não nos separamos. Edmilson Lucena, apenas partiu antes para o reino da paz, onde ficará aguardando a chegada daqueles que tanto amou e tanto o amaram nessa vida. Todos em cujos corações paira a sombra de uma grande saudade. A minha amizade profissional com Edmilson Lucena, surgiu nos idos de 1980, em momento que eu era correspondente setorial da Rádio Difusora AM - de Mossoro-RN - e ele apresentava na emissora o programa policial "cidade aflita", de maior audiência na época em todo o Estado do Rio Grande do Norte. Edmilson Lucena, levava a profissão de comunicador ao extremo da seriedade. Deixou um rastro de luz, sabedoria e presença marcante na história da radiofonia potiguar. Que descanse em paz!

Um comentário:

  1. Edmilson Lucena dizia: "Cidade aflita,o programa que o povo gosta, a verdade que o povo quer". Além de comunicador, ele militou na política mossoronse, vindo a ser presidente da Câmara de vereadores.

    Escutava Edmilson, de segunda a sábado, no rádio de Dona Celina.

    "A difusora bota a boca no mundo" era outra frase que marcou o programa dirido por Edmilson.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.