quinta-feira, 2 de julho de 2009

Terceiro mandato para o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva é golpe e estupro da Constituição Federal

Muitos senadores e deputados federais defendem e lutam fervorosamente pelo terceiro mandato do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os Presidentes do Senado, José Sarney, e da Câmara dos Deputados, Michel Temer, exercem o comando da evolução do processo de terceiro mandato para o chefe da Nação, numa clara demonstração de que são a favor do golpe e do estupro a Constituição Federal. No Peru, o corrupto Fujimore, tentou e está na cadeia até hoje. O Evo Morales, na Bolívia, forçou e foi fragorosamente derrotado. O sargentão Hugo Chavez, da Venezuela, insistiu, e não conseguiu, o povo lhe negou. Ainda mais: aqui no Brasil, a loucura parte exatamente, daqueles que Lula no passado os chamava de trombadinha e hoje, se tornou refém deles, tolerando, apoiando e endossando as picaretagens. Se não for Lula, a cambada que pretende continuar saqueando os cofres públicos, se desespera. Aliás, podem perder os 30 mil cargos em comissão e os milhares de contratos com instituições não-governamentais. Por isso, apelam a todo custo pela aprovação do golpe do terceiro mandato, o que seria jogar o País num precipício abissal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.