domingo, 19 de julho de 2009

Os políticos envolvidos em improbidade administrativa e desvio de recursos públicos receberão solidariedade e serão aplaudidos nas eleições de 2010

São os cidadãos com os seus votos que criam os monstros da política brasileira. Nenhum político chega lá sozinho - deputado, senador, governador, prefeito e vereador - só com o beneplácito do eleitor, que inclusive, não pode mais alegar desconhecimento com relação ao candidato o qual está sufragando o nome. Antes de votar tem que acordar para a realidade. Dentro de pouco mais de um ano teremos eleições, portanto, não se pode admitir por hipótese alguma que o eleitor volte a consagrar democraticamente figuras que desviam dinheiro público, se apoderam do dinheiro alheio em detrimento da extrema miséria do povo necessitado. A borra humana da política ainda continua subestimando a inteligência do povo e superestimando a burrice, tanto, que aposta na solidariedade e no aplauso da massa famélica e da arraia-miúda, que se vende pelas telhas da goteira da casa. Sempre foi assim. E assim será enquanto o povo não tiver vergonha na cara e continuar vendendo o voto em grande escala. Politiqueiros vigaristas, trambiqueiros, trapaceiros, mentirosos e oportunistas que tiram proveito feito urubus em cima da desgraça do povo devem ser expulsos, presos e condenados criminalmente pelas consequências nefastas que causaram a sociedade. São eles os mais crueis e insensíveis ladrões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.