sexta-feira, 17 de julho de 2009

No Brasil existe a "Pena de Morte" mais injusta e cruel do planeta terra

Quem diz que a "Pena de Morte" não existe no Brasil, sofre de ausência congênita de inteligência. No território nacional já existe esta punição imposta pelo sistema degradante de segurança pública. Aliás, é a mais injusta, perversa e cruel, porque condena pessoas inocentes sem julgá-las. No Rio de Janeiro, em São Paulo, no Rio Grande do Norte e em outros Estados da federação já foi comprovado a existência de grupos de extermínio, esquadrão da morte, mão branca e outros assemelhados. O pior: algumas dessas associações criminosas estão dentro da própria polícia que é paga para dar segurança a população. Todos os grupos de exterminação humana agem com malvadeza, ferocidade e selvageria. Na verdade são sectários do massacre, da carnificina e do morticínio. Matam por matar, por não ir com a cara da pessoa e fim de papo. Isso exceto a "Pena de Morte" imposta as vítimas de balas perdidas e da falta de assistência médica, que morrem muitas das vezes nas portas dos hospitais implorando por uma ajuda divina. Agora, o que mais causa estranheza e indignação é que não existe condenação sequer a "Pena de Talião" - Lei antiga pela qual se vingava uma ofensa fazendo com que o ofensor sofresse o mesmo mal que havia causado - para os políticos que roubam dinheiro público em detrimento da miséria do povo. Esse País não tem mais jeito, infelizmente, lamentavelmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.