domingo, 24 de maio de 2009

O Rio Grande do Norte governado por Wilma de Faria é uma calamidade pública insuperável

O Rio Grande do Norte é um Estado falido, escangalhado, fracassado, consequência da incompetência do governo Wilma de Faria. Na terra potiguar nada presta, nada funciona. Taí a segurança pública uma porcaria, a saúde um caos e a educação uma calamidade. O interior, principalmente, está relegado ao mais completo abandono. Em Upanema-RN, quase tudo que pertence ao governo Norte-rio-grandense encontra-se aos frangalhos. Um exemplo do descaso é a única viatura policial do município - verdadeira sucata - igualzinha a muitas que já estão no ferro velho. A barragem de Umari, construída no governo Garibaldi Filho, e inaugurada há exatos sete anos parece mais um oásis no deserto saárico. A água em abundância é uma exclusividade para bronzear o sol. As escolas da rede estadual no município funcionam aos trancos e barrancos. Na verdade, tornou-se insuperável a desatenção do governo Wilma de faria para com Upanema-RN. Em tempo: a culpa dessa esculhambação na administração pública não cabe só a Wilma de Faria. Vem do muito longe. Dramaticamente lamentável.

Um comentário:

  1. Amigo, favor informar seu email, Obrigado
    Lannúvio
    lannuvio@hotmail.com

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.