sexta-feira, 22 de maio de 2009

Nem o Governo Lula da Silva nem o Governo Wilma de Faria têm sensibilidade para socorrer ninguém como deve

Estava vendo, lendo e ouvindo ontem a imprensa - falada, escrita e televisada - do Rio Grande do Norte. As manchetes se não foram combinadas, excessivamente, pela coincidência foram sobrenaturais. Os manchetões eram mais ou menos assim: "Governo Federal anuncia R$ 30 milhões para os municípios que decretaram estado de emergência". Senhoras e senhores, parece assim a salvação da lavoura, e que, agora, serão resolvidos os pequenos, médios e grandes problemas das cidades atingidas pelas chuvas. Não é. Vai continuar tudo como dantes no quartel do velho abrantes. Esse mesmo filme é reproduzido há décadas por uma cambada de políticos Norte-rio-grandense, embusteiros, ladravazes e gatunos refinado do dinheiro público. A situação dos municípios do Estado, se já era miserável antes das chuvas exageradas, tornou-se uma calamidade. Os prefeitos estão em desespero, porque não têm recursos para nada. Mais ainda: Nem Lula, nem Wilma, têm sensibilidade para socorrer ninguém, como deve. O dinheiro - R$ 30 milhões - que a governadora do Estado Wilma de Faria, assume a paternidade pela liberação, talvez sirva para o milho da galinha. Enquanto isso, vá se desviando dos buracos nas rodovias federais e estaduais. Se não o fizer, será convidado a viajar para o outro mundo. Ou eu estou errado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.