segunda-feira, 6 de abril de 2009

Limite extremo do abandono

"Vendem-se buracos". Uma placa com esse rótulo deveria existir na BR-110, rodovia que liga Upanema com Mossoró. No trecho de 50 quilômetros estão localizadas crateras e buracos, que são responsáveis por danos de monta à estrutura mecânica dos veículos. A estrada mais parece uma sucursal do inferno. O pior trecho tem uma extensão de 10 quilômetros a partir da cidade de Upanema. São anos e anos nessa situação. Assemelha-se a maldição. Há mais de meio século os que se dizem representantes de Upanema (deputados, senadores, governadores, prefeitos e vereadores), anunciam sempre a cada período de eleição que a pavimentação asfáltica vai sair. Só embromação enganação, enrolação e embuste. Quem sabe o próximo ano é de eleições eles não aparecam com a mesma promessa mirabolante. Não é preciso nem ser vidente para saber que esse artificio será uma evidência. Acorda, povo! O povo é preciso acordar para essa realidade.

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.