quinta-feira, 19 de março de 2009

Salários gigantescos

Os servidores da educação encampam uma luta pela implantação do piso salarial de R$ 950. As negociações andam a passos de tartaruga. Enquanto isso, em Upanema, no final do ano passado a câmara municipal aprovou às escondidas do povo um reajuste salarial gigantesco para os proprios vereadores: 60%. Uma coisa imoral. A notícia só chegou ao conhecimento da sociedade depois da aprovação. Tudo na surdina, por debaixo dos panos e, isso num momento de crise em que ninguém sabe o que vem mais adiante. Que falta de sensibilidade, senhoras e senhores, amigos e amigas. Se fosse reajuste dos servidores municipais passariam um ano discutindo e dariam 3%, 5% de aumento. Agora, o deles é reajustado às ocultas. Culpa de quem? do povo, que se vende em grande escala nas eleições, e vota em seus próprios inimigos.

Um comentário:

  1. Meu grande amigo Antonio Bezerra! Antes de mais nada, parabéns pela iniciativa de entrar no mundo do Blog. Você tem muita coisa boa para oferecer aos internautas, com certeza!
    Quanto aos acordos internos nas casas de leis de nosso país, às escondidas, na calada da noite, na surdina dos pássaros são ações constantes e contínuas em nosso meio social. Acabaram de prender 05 vereadores em São Paulo por tentativa de suborno ao executivo. Isso é uma vergonha! O Povo? Esse não aprende nunca. Abraços, meu irmão.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.