sexta-feira, 27 de março de 2009

Ninguém vê, mas todo mundo sabe

Durante as campanhas políticas, dificilmente, os candidatos a cargos majoritários não recebem dinheiro de empreiteiras, mas, ninguém denuncia nada e fica por isso mesmo. É sempre tudo como dantes no quartel do velho Abrantes. Aí chega agora a Polícia Federal e faz uma operação denominada Castelo de Areia, escancara nomes de partidos e de políticos que receberam doações ilegais e dinheiro de obras superfaturadas. Aqui no Rio Grande do Norte, os mais beneficiados com cachoeiras de dinheiro foram os que se apresentam como os mais preparados, os mais moralistas: Os Senadores José Agripino Maia e Garibaldi Alves Filho e o Deputado Federal copa do mundo que só aparece de quatro em quatro anos, Henrique Eduardo Alves. Os três receberam vultosas quantias por debaixo do pano da construtora Camargo Corrêa. Não procuraram nem saber se o dinheiro chegou pela mala ou pela cueca. Para eles na hora de receber não importa, o que interessa é ter dinheiro para comprar votos e ganhar eleição. O pior é que Agripino, Garibaldi e Henrique ainda andam por aí e são recebidos com aclamação pela patuléia e Plebe rude como se fossem Semi-Deuses. Dramaticamente lamentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.