sexta-feira, 20 de março de 2009

Copa do mundo

Parece uma invenção, uma história de assombração: um Estado pobre como o Rio Grande do Norte, com tanta miséria, educação da pior qualidade, saúde pública uma calamidade, segurança um caos, aí o governo Wilma de Faria, se propondo a gastar rios de dinheiro, com o objetivo de sediar jogos da copa do mundo. Seria cômico se não fosse trágico. Um governo que não consegue solucionar os problemas elementares da nossa sociedade, torrar dinheiro público numa farra, em detrimento do quadro de penúria que vive centenas de pessoas, é cruel, perverso, desumano e irresponsável. É com tristeza que vejo o senador José Agripino, defendendo a construção de uma mansão de futebol, para que o Estado se candidate a sediar a copa do mundo, o que custará bilhões de reais aos cofres públicos. Soube que a senadora Rosalba Ciarline e o senador Garibaldi Alves, defendem a mesma proposta. Isso é o que se pode chamar de sacanagem, defendida por esse trio, que nada faz em Brasília, a não ser, apresentar projetos faraônicos e megalomaníacos. Se acham que estou errado, o correto é acionar as barras dos tribunais, que lá, irei oferecer mais detalhes sobre a atuação política dos três. E olhem, que não tenho advogado, muito menos dinheiro para contratar. Farei sem nenhum receio a minha própria defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.